VMware Converter no lista todos los discos

Trabajando con VMware Converter podemos encontrar en algunos casos donde cuando intentamos virtualizar un servidor nos encontramos con que el proceso de conversión al llegar al punto de listar los discos que se van a convertir no muestra la totalidad de los discos que están realmente presente en el equipo a virtualizar.

Esta situación generalmente ocurre cuando queremos convertir un equipo físico que tiene particiones en formato GPT las cuales no están soportadas por VMware de acuerdo al artículo 1016992 de la base de conocimientos de VMware.

Si en algún momento nos encontramos en esta situación lo primero que tenemos que hacer es identificar si existen en el equipo a virtualizar discos con particiones en formato GPT. En el caso de servidores Windows el comando diskpart nos permite listar los discos y particiones que tenemos en el equipo para poder identificar rápidamente con que tipo de discos estamos trabajando:

Si como en el caso de la figura tenemos uno o más discos con particiones GPT no tendremos más opción, por el momento, que crear un nuevo disco en la máquina virtual que estamos creando/convirtiendo y luego copiar los datos por medio de una herramienta de terceros.

Nicolás Solop

VMware vExpert

LinkedinXingTwitter

1 Comments to “VMware Converter no lista todos los discos”

  1. Bruno Rigamont says:

    Solução:
    Procedimentos para Virtualizar (VMWare) um Sistema Operacional rodando em partição GPT (EFI).
    Ferramentas necessárias:
    Disk2VHD – Transformar o disco físico em Virtual
    GParted (ISO) – Copiar Partição
    Virtual Box – Trabalhar com os discos virtuais.
    CD de instalação do Windows 2008 ou Windows 7
    ___________
    Mão de Obra:
    Disk2vhd:
    Converter o disco físico para um disco em VHD.
    – Selecione os discos a serem virtualizados, no meu caso selecionei apenas o volume C:\ onde está o sistema, não selecionei o volume D:\ pois selecionando o volume D:\ onde estão os dados irá deixar a conversão muito demorada e o arquivo .VHD muito grande, sendo que o objetivo é virtualizar o sistema, então, se o sistema não tiver nenhum vinculo com o volume D:\ selecione apenas a partição de boot e C:\
    Nota: Onde está H:\Servidor-AD.vhd é o local onde será salvo o arquivo .VHD

    VirtualBox.
    Instalar o VirtualBox, que é capaz de trabalhar com discos VHD e VMDK.
    – Criar uma VM e acoplar o disco(s) convertido (VHD).
    – Criar mais um disco do mesmo tamanho que o físico (no formato vmdk) e acoplar à VM.
    Onde o Disco SERVIDOR-AD.VHD é o disco de origem convertido em .VHD e NewVirtualDisk1.vmdk é o disco de destino.

    Gparted
    Bootar gparted e criar 2 partições no novo disco 1 partição de 100mb para boot e uma do tamanho do disco de origem ambas no sistema de partições “MSDOS” no novo disco.
    Criando as partições:
    – Selecione o disco de origem, no caso o disco criado em .VMDK conforme a seta abaixo, selecione o disco e crie uma Tabela de Partições MSDOS para o disco.
    OBS: Marque a o tipo de tabela MSDOS

    – Crie 1 partição de 100mb para o boot, não mexa no resto de espaço que irá sobrar.
    Menu: Partição>Criar uma nova Partição

    Após efetuar as configurações da partição conforme acima, clique em add e depois em Apply no menu principal e Apply novamente.
    Após aplicar as configurações irão ser exibidos dois volumes uma partição de 100mb e o restante da partição.
    Copiando a partição NTFS para o novo disco .VMDK
    – Selecione o disco de origem .VHD conforme a seta vermelha.
    – Clique com o botão direito encima do partição NTFS do disco de origem .VHD (seta Azul) e clique em Copy para copiar.

    – Selecione o disco de destino .VMDK conforme seta vermelha.
    – Clique com o botão direito sobre a partição de destino (seta azul) e clique em paste.

    – Confirme a operação clicando em Paste novamente
    – Depois clique em Apply no menu principal, aguarde pois a cópia pode demorar e muito dependendo do tamanho do HD.
    Resultado após fim da cópia.

    Finalizando
    – No final do processo, marcar a partição de boot (100mb) no novo disco como bootalvel.
    Botão direito sobre a partição de boot (100mb), clique em Gerir Parâmetros, selecione a opção boot.

    Aplique as configurações e feche o GPARTED.
    VirtualBOX – Corrigindo inicialização.
    – Desligue a VM criada e remova o disco .VHD

    Fixar MBR
    Você irá recriar a partição de boot completa e refazer as configurações de inicialização do SO:
    Utilize o cd do Windows 7 ou do Windows 2008 R2 e faça boot por ele:
    – Na tela inicial escolha a opção “Repair your System” (Seta vermelha)

    – Selecione a primeira opção “Recovery tools..” e next.
    Obs: caso apareça uma mensagem do Windows antes dessa tela pedindo para reparar a inicialização selecione a opção de reparar e reiniciar, provavelmente o Windows não vai iniciar, porém vai definir corretamente os volumes C: (SO) e D: (boot). Então, de boot novamente com o CD do Windows 2008.

    – Escolha a ferramenta “Command Prompt”

    – Execute os comandos a seguir:
    – DiskPart
    > List Disk
    > Select Disk 0

    > List volume (verifique qual a partição de boot e a de SO pelo tamanho e anote as letras e números, no meu caso a partição de boot e o Volume 1 e de SO é o Volume 2)
    > Select volume 2 ( 2 = numero da partição de boot , CUIDADO PARA NÃO ERRAR)

    > Format

    > List volume (identifique a partição de SO, no meu caso o Volume 3)
    > Select volume 3 (3 = numero da partição do SO)
    > Active

    > Exit
    Voltando ao command prompt digite:
    > bcdboot c:\windows /s d: (onde c: é a letra atribuída ao SO e d: a letra da partição de boot)
    Exit e reinicie a VM.
    Virtual Box
    – Ligar a VM, que deve bootar normalmente.
    – Caso apresente a Tela Azul da Morte será necessário alterar na VM o tipo de porta do HD de SATA para IDE.
    >
    Verificar a integridade dos dados.
    Desligar a VM.
    VMWare – ESXi
    – Criar uma VM com controlador IDE.
    – Acoplar os novos discos VMDK a VM.
    – Bootar a VM e instalar os adicionais de convidado.
    ___________
    Fontes:
    Bruno Rigamont
    Marcelo Sincic – http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Recriando-o-boot-no-Windows-2008-R2-e-Windows-7-apos-o-Disk2VHD.aspx
    Danilo Recchia – http://www.deltatecnologia.com/blog/2012/08/17/vmware-p2v-particionamento-gpt/

Dejanos tu comentario

Message